Clipping

Geada atinge milho, feijão, hortaliças e cana, diz Somar Meteorologia

Postado em 26 de Maio de 2020

A massa de ar polar que atua no Centro-Sul do Brasil causou na manhã desta terça-feira, 26, geadas fracas em áreas de milho, feijão, cana e hortaliças. De acordo com a Somar Meteorologia, Palotina (PR), importante produtor de milho, registrou temperatura mínima de 3,3 ºC.

Em Toledo (PR), cidade produtora de milho, a mínima alcançou 3,1 ºC. Em Ponta Grossa (PR), áreas de feijão e hortaliças foram levemente afetadas, com 3,1 ºC de temperatura. Houve registro também em Ituverava (SP), com 3,4 ºC.

Em Minas Gerais, a estação meteorológica da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé) registrou 3,4 ºC de temperatura mínima. Porém, em outras regiões de café, as temperaturas foram mais elevadas.

“No geral, foram geadas fracas, com pouco dano. A Embrapa afirma que abaixo de 4 °C já há potencial para geada, mas as danosas para as culturas são as que ficam entre 1 ºC para menos”, explica o agrometeorologista Celso Oliveira.

A Somar diz que a madrugada desta quarta-feira, 27, será a mais fria da semana, com potencial de maiores prejuízos em áreas de hortaliças e feijão do Paraná e sul de São Paulo. No restante das regiões, se houver geada, elas serão fracas.

Enquanto isso, o tempo continua seco no Sul do Brasil e a partir do fim de semana, diminui o risco de geada. No domingo, 30, as chuvas voltam ao Rio Grande do Sul e depois avançam para Santa Catarina e Paraná.


Fonte: Canal Rural