Clipping

Governo de SP quer identificar 161 mil km de estradas rurais com projeto

Intenção é facilitar entrega de maquinário agrícola e facilitar o acesso a serviços disponibilizados pelo Estado

O Governo de São Paulo, em parceria com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag), prepara o lançamento do projeto Rotas Rurais, que irá realizar o mapeamento e endereçamento de todas as estradas rurais do estado. Ao todo, serão 161 mil km de vias identificadas por nome e número. Os dados eletrônicos, posteriormente, poderão ser acessados por aplicativo de celular, a exemplo dos que já existe para vias urbanas.

Com a medida, o Governo pretende facilitar o acesso das empresas fabricantes de máquinas agrícolas. Com informação precisa da localização de cada propriedade rural, as entregas dos veículos serão mais rápidas e eficientes. Entidade que reúne indústrias de maquinário agrícola, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) é patrocinadora do projeto.

A venda de máquinas agrícolas e rodoviárias no mercado doméstico cresceu 7% em março deste ano com relação ao mesmo período de 2018. Foram comercializadas 3,7 mil unidades, segundo a Anfavea. Na comparação com fevereiro, o dado mostra crescimento de 31,6%. No primeiro trimestre, as vendas somaram 9,2 mil unidades, alta de 23,5% em relação a igual intervalo do ano passado.

Além de fomentar as vendas do agronegócio, o cidadão também terá, com endereço preciso, mais facilidade para solicitar os serviços públicos, como chamadas de emergência para o Corpo de Bombeiros, por exemplo, ou para atendimentos ambulatoriais.

O secretário de Estado de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Diniz Junqueira, afirmou que o objetivo do programa é colocar em prática a isonomia, princípio que estabelece que todos são iguais perante a lei. “É garantir que todos os cidadãos, produtores ou não, sejam iguais de fato, não só na Constituição”, disse. Após o mapeamento, os dados servirão como base para investimentos do Governo nas diversas áreas.

A Fundepag fará a gestão técnica do projeto e, para isso, assinará um acordo de cooperação com a Secretaria de Estado de Agricultura. Segundo o presidente da Fundação, Ricardo Mariano, a modelagem permitirá que outros patrocinadores se juntem à Anfavea ao longo da execução. Os trabalhos não tem data para serem concluídos.

Para o presidente da Anfavea, Antonio Megale, a parceria será fundamental para incentivar a atuação do setor produtivo no estado e poderá servir de modelo para sua realização nos demais estados do Brasil. “Nós reconhecemos o importante papel do setor agrícola, mas ele precisa ser organizado para contribuir ainda mais com o desenvolvimento do país”, afirmou.

São Paulo tem cerca de 350 mil propriedades rurais ao longo de seus 645 municípios. São mais de 199 mil km de estradas ao todo, dos quais 161 mil km, ou seja, 80%, não são pavimentados.

O lançamento oficial do programa “Cidadania no Campo”, do qual fará parte o projeto Rotas Rurais (Rorais), está programado para ocorrer na abertura da 26ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola (Agrishow), dia 29 de abril, em Ribeirão Preto.

POR THAISA VISENTIN

 

 


Fonte: Globo Rural