Clipping

Governo pode sair para a briga

A China é o maior parceiro comercial do agronegócio brasileiro, com compras da ordem de US$ 47,4 bilhões, valor equivalente a 22% das exportações locais. Mesmo assim, os dois países podem entrar em rota de colisão.

Os setores de cana-de-açúcar e de produção de aves pressionam o Ministério da Agricultura para que o governo abra uma solicitação de painel na Organização Mundial do Comércio, contra a China. O país asiático tem instituído taxas e cotas de importação sobre produtos brasileiros, alegando questões sanitárias e de proteção de seu mercado.

Nos últimos meses, a posição dos técnicos da Secretaria-Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex) tem sido mostrar à China que o Brasil está disposto ao diálogo. “Mas isso não tem resolvido”, diz Blairo Maggi, ministro da Agricultura. “Infelizmente, acho que teremos que colocar um pouco de enfrentamento nesses assuntos.”


Fonte: Dinheiro Rural