Clipping

IFC investe US$ 55 milhões na Jalles Machado, fortalecendo o setor de açúcar e etanol e ajudando a impulsionar a produção de energia renovável no Brasil

A IFC, membro do Banco Mundial, fará um empréstimo de longo prazo, no valor de US$ 55 milhões, para a Jalles Machado, empresa processadora de cana de açúcar e produtora de biomassa. Esse investimento ajudará a fortalecer a indústria de açúcar e etanol no país e a apoiar seus esforços para aumentar a participação de energia renovável na matriz energética. A indústria de açúcar e etanol desempenha um papel importante na economia do Brasil, contabilizando cerca de 10% de suas exportações e mais de 1 milhão de empregos. 
O investimento da IFC na Jalles Machado engloba um empréstimo de US$ 35 milhões, pelo prazo de oito anos, com recursos próprios da IFC; um empréstimo de US$ 15 milhões, pelo prazo de sete anos, mobilizado junto ao Rabobank e um empréstimo de US$ 5 milhões pelo ABN Amro, com prazo de cinco anos.  Os recursos oriundos desse investimento apoiarão o  programa de investimento da Jalles Machado, que inclui a expansão das plantações de cana de açúcar e de sistemas de irrigações da empresa, além da finalização da construção da planta de processamento de açúcar em uma das usinas da empresa em Goianésia, Goiás.
 
“A IFC se alia aos seus clientes para tornar a sustentabilidade um condutor de negócios. Juntos, ajudamos a transformar os mercados ao definir os princípios da produção com sustentabilidade para uma variedade de produtos, melhorando seus padrões de produção, processamento e comercialização”, diz Luiz Daniel de Campos, Executivo responsável por Investimentos em  Agronegócios da IFC no Brasil. “Além de apoiar o crescimento dos setores de agronegócios e de energia renovável, os investimentos da IFC na Jalles Machado também vão estimular, de modo geral, melhorias nos padrões de sustentabilidade na indústria de açúcar e etanol do país”, ele acrescentou.
 
A IFC promove o desenvolvimento econômico inclusivo dos agronegócios ao financiar sua cadeia de valores completa. No ano fiscal terminado em junho de 2017, a IFC investiu, globalmente, US$ 1,2 bilhão em toda a cadeia de produção de agronegócios para ajudar a melhorar a liquidez da produção, aprimorar a logística e expandir o acesso a crédito para pequenos produtores. No mesmo ano fiscal, a carteira global da IFC no setor de agronegócios totalizou US$ 3,8 bilhões. Nos últimos seis anos, somente no Brasil, a IFC investiu e mobilizou mais de US$ 790 milhões na agroindústria e no setor de alimentos.
 
Sobre a Jalles Machado
Fundada em 1981, a Jalles Machado é uma empresa familiar operando no estado de Goiás. Atualmente opera com duas usinas e com uma capacidade de moagem anual de 5 milhões de toneladas de cana de açúcar, além de cogeração. A Jalles Machado é verticalmente integrada, participando no plantio e na colheita de cana de açúcar, em seu processamento em açúcar, etanol e energia e em seu armazenamento e comercialização.
 
Sobre a IFC
A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, é a maior instituição de desenvolvimento do mundo voltada para o setor privado em mercados emergentes. Trabalhando com mais de 2.000 empresas em todo o mundo, usamos nosso capital, expertise e influência para criar mercados e oportunidades nas áreas mais difíceis do mundo. No exercício fiscal de 2017, nossos investimentos de longo prazo nos países em desenvolvimento atingiram um valor recorde de US$ 19,3 bilhões, alavancando a força do setor privado para ajudar a colocar fim à miséria e estimular a prosperidade compartilhada. Para mais informações, visite www.ifc.org

Fonte: Jornal Dia a Dia