Clipping

IICA e a Bayer iniciam ações para sustentabilidade do setor agrícola

Postado em 24 de Maio de 2019

Empoderar pequenos produtores, capacitá-los em boas práticas agrícolas, propiciar seu acesso a mercados e impulsionar a liderança em jovens empreendedores ligados ao setor agrícola são algumas iniciativas que serão executadas pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e a empresa Bayer.

Representantes de ambas organizações se reuniram na Costa Rica e definiram uma agenda de trabalho colaborativo, como parte da parceria assinada em fevereiro, na Alemanha, para impulsionar o desenvolvimento de uma agricultura sustentável e promover a segurança alimentar na América Latina e no Caribe (ALC).

Como ponto de partida, em agosto próximo capacitarão produtores brasileiros em boas práticas agrícolas por um curso on-line disponível no Campus Virtual do IICA, que facilita o acesso ao manual BayG.A.P, desenvolvido pela Bayer para que os produtores implementem um modelo sustentável que os beneficie socioeconomicamente, assegurem a inocuidade e a qualidade de alimentos e abra oportunidades de vinculação aos mercados.

“A ideia é expandir ainda mais esse programa na região. Nosso interesse inicial no Brasil era capacitar 50 mil produtores, mas agora a meta é de 100 mil”, manifestou o Diretor Global de Segurança Alimentar da Bayer, Ronald Guendel.

“Devemos ter uma produção sustentável, reduzir a carga química e propagar ferramentas inovadoras para uma agricultura moderna, mas a Bayer, sozinha, não pode alcançar isso, ela precisa da colaboração de parceiros como o IICA, chave no desenvolvimento agrícola da ALC”, acrescentou.

Lloyd Day, Subdiretor Geral do Instituto, explicou que o trabalho conjunto é uma relação só com ganhadores. “Ela enriquecerá os conhecimentos dos produtores e permitirá melhorar os serviços de cooperação técnica oferecidos pelo IICA para seus países membros”, considerou.

Para o empoderamento de jovens em termos de agricultura, a Bayer prepara a terceira edição do Youth Ag Summit (4 a 16 de novembro, em Brasília), uma cúpula que, a cada dois anos, reúne 100 jovens líderes mundiais entre 18 e 25 anos, os quais, mediante debates, geração de capacidades e assessoramento em seus projetos, são empoderados para ser futuros agentes de mudança no setor agrário. Para a edição 2019, o IICA será um aliado estratégico.

“Nessa cúpula, apresentaremos experiências de peritos em áreas de sustentabilidade e inovação. A ideia é atuar como mentores de 25 jovens da ALC, que se localizarão graças a nossas Representações na região”, explicou Day.

No médio prazo, a Bayer e o IICA pretendem construir propriedades rurais demonstrativas que sirvam de modelo a produtores para implementar práticas agrícolas sustentáveis, conhecer o uso correto da tecnologia para melhorar a produtividade e proteger o ambiente, bem como mostrar as oportunidades da bioeconomia.

Procurarão, além disso, consolidar a apicultura como ferramenta de desenvolvimento e impulsionar a polinização, a biotecnologia e a biossegurança.

“O êxito que se vislumbra é grande. No mundo, existem 500 milhões de pequenos produtores e queremos ajudar, beneficiar uma porção bastante significativa congregando o conhecimento da Bayer e do IICA”, acrescentou Guendel. 


Fonte: Grupo Cultivar