Clipping

Indústrias não seguram pressão de caixa e de demanda e etanol cai pela segunda semana

Postado em 17 de Agosto de 2020

O etanol hidratado entra na terceira semana de agosto sofrendo dupla pressão. O consumo segue lento e muitas usinas precisam de caixa. O biocombustível caiu outra vez nas unidades.

Em plena semana de um novo aumento da gasolina, de 4% no dia 13, o etanol recuou 0,73%, ficando em R$ 1,6613 o litro, segundo levantamento de Cepea/Esalq. Na semana anterior, havia perdido 1,09%.

Mesmo com preços mais competitivos praticados no atacado e aumento para o combustível concorrente, a demanda das distribuidoras foi insuficiente para as unidades produtivas forçarem preços mais altos.

Como havia acontecido nos primeiros sete dias de agosto, algumas indústrias estão com necessidade de desovar estoques e fazer caixa, o que colaborou para manter a média em queda das cotações novamente.

A situação é mais complicada para a usinas com pouca margem para produção de mais açúcar e para dezenas que só operam como destilarias.

 


Fonte: Money Times