Clipping

Justiça fecha acordo com grupo de usinas no valor de R$ 49 milhões para acertos de ex-funcionários

A Justiça do Trabalho fechou um acordo, nesta terça-feira (22), no valor de quase R$ 49 milhões entre um grupo de usinas de cana-de-açúcar do noroeste paulista e ex-funcionários que não receberam os acertos após as demissões.

Aproximadamente 2,8 mil processos foram abertos contra o grupo, que terá de pagar os valores em 40 parcelas.

Os primeiros a receber são os ex-funcionários que elaboraram os processos há mais tempo e que tenham indenização menor que R$ 30 mil. Agora, as usinas do pertencem a uma empresa multinacional.

Os processos estão em tramitação nas varas do trabalho de Itapira (SP), Catanduva (SP), José Bonifácio (SP) e Votuporanga (SP).

Na nota enviada pelo TRT, diz que o Grupo Virgolino de Oliveira afirmou que “o acordo foi entabulado com criatividade pelas magistradas. Nosso principal ativo são as pessoas. Estamos cumprindo nossas obrigações legais.

O grupo é responsável por 8.000 empregos diretos e o acordo, adequado ao nosso fluxo de caixa, permitiu a manutenção desses funcionários, em um momento econômico difícil, pois atuamos no setor de commodities”.


Fonte: Portal G1