Clipping

LEGO: blocos sustentáveis de cana vão dominar produção até 2030

A LEGO tem uma novidade bem interessante, o lançamento dos seus primeiros blocos sustentáveis feitos com 98% de polietileno obtido da cana de açúcar, não por acaso todos verdes e no formato de árvores e plantas, no kit Plants from Plants, que marcam o começo de uma grande mudança, que começou 3 anos atrás, quando o LEGO Group investiu cerca de 134 milhões de euros na pesquisa de novos materiais sustentáveis.

A iniciativa é simbólica por si só, mas faz parte de um compromisso por parte da LEGO, no que eles chamam de sua “Grande Missão”. De acordo com informações do BdB, esse é o início de um ambicioso plano de sustentabilidade com a meta de passar a usar o material e derivados em todos os seus produtos básicos e embalagens até 2030.

A proposta de usar o novo plástico vegetal em todos os blocos e embalagens do LEGO Group é audaciosa, mas o mais interessante é que os novos blocos sustentáveis são indistinguíveis dos atuais. Tim Brooks, vice-presidente de responsabilidade ambiental da empresa, garante que “as crianças e pais não irão perceber nenhuma diferença na qualidade ou na aparência dos blocos, pois polietileno vegetal tem as mesmas propriedades e características do convencional”.

Além de uma parceria com o WWF (World Wildlife Fund for Nature), o LEGO Group investiu forte em energia eólica para a produção dos seus blocos, com o propósito de zerar as emissões e o descarte de plástico da produção de seus blocos. Tudo bem que os produtos da LEGO, além de serem caros também são sempre muito queridos por seus donos, são algo que as pessoas cuidam com cuidado, e que geralmente não são descartados, mas de qualquer forma, a iniciativa da LEGO é muito louvável.

A LEGO Group garante que o foco principal de seus produtos vai continuar sendo a qualidade e segurança pela qual é conhecida ao longo dos seus 60 anos de história, mesmo com este grande passo em direção a sustentabilidade. Eles também aproveitaram para criar todo um ecossistema de bichos e monstros vegetais que podem ser construídos com seus blocos, chamando a atenção para o novo material.


Fonte: Meio Bit