Clipping

Mais milho no tanque dos americanos

Um anúncio feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abre uma possibilidade de preços internos mais altos para o mercado de etanol brasileiro. A demanda por cana-de-açúcar no Brasil poderia aumentar.

No mês passado, Trump sinalizou para os produtores de milho de seu país que a mistura de etanol na gasolina pode subir de 10% para 15% do volume, elevando a demanda pelo cereal em 200 milhões de toneladas. Hoje, o etanol americano demanda 141,6 milhões de toneladas de milho.

Para os produtores brasileiros, um consumo maior por lá poderia ajudar a brecar a importação crescente de etanol americano. No ano passado, o País gastou US$ 897,8 milhões com a compra de etanol, valor 127% acima de 2016.

Neste ano, as importações continuam em disparada desde janeiro. No mês passado, a previsão era de 220 milhões de litros de etanol importado, o dobro do mesmo período de 2017.


Fonte: Dinheiro Rural