Clipping

Manoel Ortolan, presidente da Canoeste, morre aos 76 anos

Postado em 11 de Junho de 2019

Morreu nesta terça-feira, 11, aos 76 anos, em Sertãozinho (SP), o agrônomo Manoel Carlos de Azevedo Ortolan. Presidente da Associação dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo (Canaoeste) e ex-presidente da Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), Ortolan lutava contra uma leucemia descoberta em março.

Ele será velado na Loja Maçônica da cidade do interior paulista até às 15 horas e o sepultamento está previsto para às 17 horas, no cemitério Bom Pastor, em Ribeirão Preto (SP).

Uma das principais lideranças do setor produtivo de cana-de-açúcar, açúcar e etanol do País, o produtor rural formou-se na Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq/USP), em 1969.

Ortolan começou a carreira com pesquisa de cana na Copersucar, onde permaneceu até fevereiro de 1972. Foi gerente em propriedade rural até 1975 e, em seguida, iniciou as atividades na Canaoeste como gerente do departamento técnico. Ele permaneceu no cargo até fevereiro de 2000, quando assumiu a presidência da associação, posto que ocupava desde então.

Em março de 2001, foi também eleito presidente da Orplana para um mandato de seis anos, que durou até março de 2007. Em abril de 2013, foi escolhido novamente presidente da associação e permaneceu na entidade até 2016.

 O Grupo IDEA lamenta e manifesta profundos sentimentos à família.

 


Fonte: Estadão Conteúdo