Clipping

MT é responsável por mais da metade da renda gerada com a produção agrícola no Centro-Oeste, diz IBGE

Postado em 8 de Setembro de 2019

Produção agrícola do estado movimentou R$ 50,2 bilhões em 2018. Sapezal é o município do Centro-Oeste que mais gerou renda com a produção agrícola.

A produção agrícola de Mato Grosso movimentou R$ 50,2 bilhões em 2018, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor corresponde à produção de soja, milho e cana-de-açúcar. A renda total gerada no Centro-Oeste foi de 95,9 bilhões.

Ainda conforme o IBGE, Sapezal, a 473 km de Cuiabá, foi a cidade do Centro-Oeste que gerou a maior renda com a produção agrícola. Ao todo, foram R$ 3,3 bilhões.

Já no ranking nacional, com os mais de R$ 50 bilhões, Mato Grosso ocupa a segunda posição. O estado com o maior valor, em 2018, foi São Paulo, com R$ 53,1 bilhões.

Conforme dados da pesquisa de Produção Agrícola Municipal (PAM), Mato Grosso aumentou o percentual de produção de 13,7%, número registrado em 2017, para 14,6%, em 2018.

Produção
Entre as maiores produções do estado está a soja. Segundo a pesquisa, Mato Grosso é responsável por 26,8% da produção nacional e ocupa o primeiro lugar no ranking de maiores produtores desse grão.

Em relação ao caroço de algodão, Mato Grosso e Bahia são responsáveis por mais de 90% da produção nacional. Sendo 2 milhões de toneladas produzidas em Mato Grosso e 761,1 mil toneladas na Bahia. 

O estado também está entre os maiores produtores de milho do país. No entanto, o tempo seco prejudicou a produção, em 2018, e 12,6% da produção foi perdida.

 


Fonte: Portal G1