Clipping

Na Agrishow, Santander anuncia 8 novas lojas para agronegócio no 2º semestre

O Banco Santander anunciou nesta terça-feira, 2, durante a Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), a abertura de mais oito lojas voltadas ao agronegócio no segundo semestre deste ano. Na primeira metade do ano, sete unidades já foram inauguradas. Devem ser abertas, ainda, lojas em Goiás (2), Mato Grosso do Sul, Mato Grosso (3), Pará e Maranhão.

“Com isso, devemos fechar 2017 com 16 lojas para o agronegócio”, disse o superintendente executivo de Agronegócios do banco, Carlos Aguiar.

As novas lojas serão instaladas em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com duas cada; além de Goiás, Pará, Rondônia e Minas Gerais, com um espaço cada. Os municípios ainda estão sendo mapeados mas, de acordo com a instituição, serão escolhidos aqueles com relevância no PIB agrícola, alto valor bruto de produção e onde o Santander ainda não tem operações.

O banco também anunciou duas linhas de crédito para financiamento de veículos, máquinas e equipamentos. O Crédito Pessoal (CP Agro) tem como valor mínimo de financiamento R$ 30 mil, com prazo máximo de pagamento de 18 meses.

Já no Crédito Direto ao Consumidor (CDC Agro), o valor mínimo é de R$ 50 mil, com opção de pagamento em até 48 meses. “O que estamos vendo para este ano é a compra de novos equipamentos, a abertura de novas áreas, a transformação de pastagens em novas lavouras. O investimento deve ser a maior fonte de necessidade do produtor neste ano”, afirmou Aguiar.

No primeiro trimestre, a carteira de crédito rural do Santander ficou em R$ 10,6 bilhões (pessoas físicas e jurídicas), 68,25% mais na comparação anual. Já a participação da instituição no agronegócio cresceu 0,8 ponto porcentual na mesma base, para 3,8%.
 
 
 


Fonte: Estadão Conteúdo