Clipping

Na Usina Ferrari, nova tecnologia melhora o aproveitamento da irrigação no manejo de MPBs

A disponibilidade de água é fundamental para o bom manejo com Mudas Pré-Brotadas (MPBs) de cana-de-açúcar. O recurso tem papel fundamental nos processos bioquímicos que ativam a brotação das gemas. A deficiência hídrica pode prejudicar ou impedir que esse processo ocorra, causando mortalidade de mudas e quedas nas taxas de pegamento.

Ainda nos núcleos de produção de MPB – durante as fases de aclimatação e rustificação -, estima-se que sejam necessárias de três a quatro irrigações diárias para manter o desenvolvimento das mudas pré-brotadas. Após o transplantio para o campo, as MPBs precisarão de, no mínimo, duas lâminas de água por dia para garantir o pegamento.

Uma tecnologia desenvolvida pela UPL - em parceria com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) - promete resolver parte desse problema. Trata-se do UPDT, um polímero vegetal que adsorve de 500 a 700 vezes seu volume em água e disponibiliza para as mudas mais de 95% da água absorvida. Com ele, a planta conseguirá permanecer hidratada de sete a 12 dias, dependendo da necessidade de água da cultura, temperatura média, tipo de solo e umidade. O UPDT cria uma reserva de água e solução nutritiva suspensa ao redor do sistema radicular das mudas pré-brotadas, fornecendo água de acordo com a necessidade da planta.

A experiência com o uso do UPDT, na Usina Ferrari, localizada no município paulista de Pirassununga, será apresentada no 12º Grande Encontro sobre Variedades de Cana-de-Açúcar, realizado pelo Grupo IDEA nos dias 17 e 18 de outubro, em Ribeirão Preto, SP.

 

Serviço

12º Grande Encontro sobre Variedades de Cana-de-Açúcar

Data: 17 a 18 de Outubro de 2018
Local: Centro de Convenções de Ribeirão Preto/SP
Mais informações: (16) 3211 4770
E-mail: eventos@ideaonline.com.br

INSCREVA-SE AQUI 

 


Fonte: CanaOnline