Clipping

OIA: preços do açúcar no mercado mundial tiveram ganhos modestos em novembro

Os valores do açúcar no mercado mundial apresentaram ganhos “modestos” em novembro, de acordo com o relatório mensal divulgado nesta sexta-feira, 8, pela Organização Internacional do Açúcar (OIA), que tem sede em Londres. O movimento, de acordo com a entidade, refletiu as expectativas de uma menor proporção de cana a ser direcionada para a produção de açúcar no Brasil e também uma redução acentuada da posição líquida vendida pelos especuladores na bolsa de Nova York (ICE Futures US), em Nova York.

O preço spot do açúcar bruto começou o mês em 14,69 centavos de dólar por libra-peso e aumentou gradualmente até chegar a 15,37 centavos de dólar por libra-peso no dia 24. No fim de novembro, no entanto, os preços retornaram a um nível próximo a 15 centavos de dólar por libra-peso, resultando em uma média mensal em 14,98 centavos de dólar por libra-peso, o que significa um aumento de 4,5% em relação ao mês anterior.

Os preços do açúcar branco (índice de preços do açúcar branco ISO, como é a sigla da instituição em inglês) mantiveram um comportamento semelhante ao longo do mês, de acordo com a OIA.

 

Em 1º de novembro, estavam cotados a US$ 382,60 por tonelada e atingiram a marca de US$ 398,40 por tonelada no dia 24, mas recuaram para US$ 391,65 por tonelada no fim do mês. A média mensal foi de US$ 390,78 por tonelada, o que representa um aumento de 4,4% em relação a outubro.


Fonte: Estadão Conteúdo