Clipping

Orplana: comunicado oficial sobre o Consecana

A ORPLANA após 2 anos de discussão exaustiva sobre a Revisão do CONSECANA SP, conseguiu em sua última Reunião (16 de abril de 2018) estabelecer um Consenso entre as duas Instituições mantenedoras do CONSECANA SP.

Sendo assim, nos próximos dias, ambas estarão discutindo a forma mais adequada e transparente, dentro dos preceitos da segurança jurídica, a Metodologia adotada do Modelo CONSECANA.

A referida Metodologia reconhece parâmetros de Integração do Produtor de Cana, que serão inseridas no Manual do CONSECANA-SP para que as unidades produtoras consolidem e ampliem os mecanismos de reconhecimento e de remuneração adicional dos fornecedores que atendam critérios e condições específicas associadas à regularidade de entrega da cana-de-açúcar, à entrega da matéria-prima na esteira, à manutenção de contratos de fornecimento para pelo menos um ciclo da cultura, entre outras. Tais parâmetros propiciarão a Assertividade de entrega da Cana na Safra, Metodologia de Rastreabilidade da Cana, conferindo uma Visão de Certificação e Preceitos do RenovaBio.

Também abordarão os parâmetros de Qualidade da Cana, conferindo uma metodologia de avaliação em relação a Pureza do Caldo e consequente melhoria da eficiência industrial, o que gerará ganho econômico-financeiro para toda a cadeia produtiva, indistintamente.

Uma etapa está superada, cabendo agora a todos nós a tarefa Coletiva de Disseminação e Explicação da referida Metodologia, tanto junto às Associações, como junto às Indústrias compradoras.

Todos os Produtores de Cana, Associações que os representam e ORPLANA deverão iniciar a partir de agora discussões sobre a atual fase financeira dos produtores de cana e a sua evidente insustentabilidade, demonstrando ser necessário e imperativo a formação de Comissões de Negociação e Argumentação junto às Unidades Industriais, explicando e desenvolvendo, em conjunto, Modelos Regionais, Individuais, e que definitivamente venham a solucionar as diferenças tão veementemente identificadas nestes últimos 10 anos. Transforma-se assim em uma política de total integração entre suprimento de matéria-prima e indústria transformadora, conferindo-lhe uma sistemática de ganhos mutuamente compartilhados.

Contamos com a colaboração, engajamento, promoção de fóruns de discussão de todos, para que esta nova Etapa da Cadeia Produtiva da Cana-de-açúcar seja um novo cenário que já vem se configurando no presente, atendendo às necessidades de um futuro sustentável do produtor de cana.

Desde já a ORPLANA se coloca à disposição para auxílio e orientação nesta demanda.

 


Fonte: Orplana - enviado por CanaOnline