Clipping

País tem Agricultura eficiente, porém a mais fechada do planeta, diz SRB

O presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Marcelo Vieira, disse que a agricultura do Brasil é uma das mais eficientes do planeta, porém das mais fechadas. “Temos de abrir mais nossos mercados”, defendeu Vieira durante o Fórum Estadão Agronegócio Sustentável, promovido em parceria com a Apex Brasil.

Em sua exposição, o presidente da SRB elogiou várias legislações pertinentes ao campo, como a trabalhista e a ambiental, “que são bastante exigentes”. Mesmo assim, ressaltou, há falhas na regulamentação, que fazem com que fiscais de trabalho e ambientais tomem decisões subjetivas. “Só que eles tendem a decidir para depois não serem questionados e isso acarreta custos altíssimos para o produtor se adequar (à legislação).”

Da porteira para fora ainda há limitações que tiram competitividade do Brasil. “Nossas infraestrutura e logística de transporte precisam ser melhoradas ainda”, comentou. “Temos problema de regulações exageradas também, como a que diz respeito a defensivos”, destacou, criticando a demora no registro de novos produtos. De acordo com ele, o Brasil ocupa um dos últimos lugares no ranking de países onde é bom investir. Temos o custo de levar um produto de Mato Grosso para o porto que é o dobro do gasto para levar do porto para a China.

Sobre a segurança no campo, Vieira também foi crítico: “Hoje você não pode deixar nada na propriedade; colheita, ferramentas, máquinas, porque corre risco de ser roubado.”

Quanto ao novo governo, elogiou a escolha de Tereza Cristina como ministra da Agricultura. E citou que muitos problemas a serem resolvidos no agronegócio são estruturais e nem sequer demandam grandes recursos.


Fonte: Estadão Conteúdo