Clipping

Para quem vai renovar o canavial, é hora do plantio das culturas rotacionais

Apesar de todos os benefícios, a prática de rotação de culturas deve ser bem planejada para não ocorrer atrasos na implantação da lavoura de cana

A cana-de-açúcar é uma cultura de ciclo longo, normalmente de 5 a 6 anos. A reposição nutricional convencional nem sempre atende suas necessidades, já que essa lavoura demanda uma grande quantidade de nutrientes. Além dessa dificuldade, a área de cultivo sofre tráfego intenso de máquinas e equipamentos, causando compactação do solo. É importante lembrar que em alguns casos não é possível quebrar o ciclo de algumas pragas e doenças e a produtividade acaba sendo afetada.

Para reduzir esses problemas, a rotação de cultura entre cana-de-açúcar e uma leguminosa é uma alternativa indicada. Ela traz inúmeros benefícios para o solo, além de proporcionar uma renda extra para o produtor.

Uma das vantagens desse sistema de manejo é a otimização do uso da terra com a produção de alimento em um período em que ela ficaria em repouso, aguardando a melhor época para o plantio da cana. Esse sistema também proporciona a cobertura do solo no período chuvoso (primavera/ verão), protegendo e evitando a erosão da área.

A rotação de culturas promove o controle de plantas daninhas, o melhoramento das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo, inclusive em profundidade, e a descompactação do solo devido ao sistema radicular das leguminosas. A rotação de culturas também é fundamental para quebrar o ciclo de pragas e doenças de cada cultura.

Há benefícios ainda em relação aos custos, uma vez que a rotação de culturas permite diminuição dos custos das operações de preparo dos solos (insumos para correção e adubação). As leguminosas promovem a fixação biológica de nitrogênio e a incorporação de matéria orgânica, o que resulta na redução do uso de nitrogênio fertilizante em cana-planta e contribui para o sistema radicular da cana, dispensando o preparo intensivo do solo.

Além disso, vários equipamentos utilizados no cultivo da cana-de-açúcar podem ser utilizados para o cultivo das leguminosas e a mão de obra também pode ser aproveitada na entressafra da cana.

A possibilidade de aumento da produtividade dos canaviais gera perspectivas de aumento de receita para as usinas de açúcar e álcool, cooperativas de produtores, revendas e agricultores familiares.

Apesar de todos os benefícios citados, a prática de rotação de culturas deve ser bem planejada para não ocorrer atrasos na implantação da lavoura de cana. Neste caso, a utilização de variedades precoces de leguminosas é muito importante.


Fonte: CanaOnline