Clipping

Porto de Santos bate recorde de movimentação em janeiro puxado por agronegócio

O Porto de Santos (SP) movimentou 8,99 milhões de toneladas de produtos em janeiro, alta de 22,2% ante igual mês de 2017 e recorde para o período, superando em 13% o anterior, de 2013, segundo nota da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). Milho, açúcar, soja, celulose, fertilizantes e contêineres puxaram o resultado e lideraram os embarques e desembarques em Santos, conforme a Codesp.

Os embarques totalizaram cerca de 6 milhões de toneladas, aumento de 28,2% em relação a janeiro do ano passado. As exportações de milho da safra 2016/17 (1,17 milhão de t), em fase final no porto paulista, cresceram 193,1%. O volume foi o segundo maior para o mês, abaixo somente do apurado em janeiro de 2016, de 1,7 milhão de toneladas, conforme a Codesp.

O segundo produto mais movimentado no mês passado foi o açúcar, com 897 mil toneladas exportadas. A quantidade, contudo, é 3,4% inferior à embarcada em janeiro de 2017. O complexo soja, considerando soja em grão e farelo, foi o terceiro item com maior carga movimentada no primeiro mês de 2018: 737,5 mil toneladas, alta de 8,7% na comparação anual e melhor número histórico para o mês.

Os embarques de celulose cresceram 42,7% ante janeiro do ano passado, alcançando 356,4 mil toneladas. O produto foi o 4º mais movimentado no Porto de Santos.

Desembarques

O volume importado pelo porto paulista, 2,99 milhões de toneladas, também foi recorde para o mês de janeiro e representa alta de 11,6% ante janeiro de 2017, informou a Codesp. O produto mais desembarcado em Santos foi fertilizante, com 349,2 mil toneladas trazidas do exterior – foi ainda o quinto mais movimentado no porto. A autoridade portuária destacou, além disso, as importações de óleo diesel, que atingiram 231 mil toneladas, e as de enxofre, de 186,4 mil toneladas.

A Codesp informou que a movimentação de cargas em contêineres foi igualmente recorde para janeiro e alcançou 210.957 TEU (medida padrão equivalente a um contêiner de 20 pés), 15,9% a mais que há um ano. O número de navios atracados em Santos no mês passado também superou o de um ano atrás em 11,1%, totalizando 400 embarcações.

 

 

 
 

Fonte: Estadão Conteúdo