Clipping

Preço do etanol no Rio é o mais caro do país, segundo ANP

O preço do etanol hidratado nos postos está mais caro no Rio de Janeiro quando comparado a 13 estados brasileiros, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Pesquisa da ANP aponta que o valor teve alta em 13 estados e no Distrito Federal na semana passada. E que apresentou recuo em 10 estados e na Bahia, Goiás e Paraná, ficou estável.

A maior alta verificada no etanol na semana passada, de 1,78%, foi no Rio de Janeiro: o preço médio passou de R$ 3,62, na semana anterior, para R$ 3,75. Se comparar com o preço máximo cobrado, o etanol passou de R$ 3,99 para R$ 4,25.
Na média brasileira, o preço do etanol nos postos brasileiros pesquisados pela ANP acumulou aumento de 1,2% na comparação mensal.

Em São Paulo, principal estado produtor e consumidor, a cotação média do hidratado apresentou queda, após alta da semana passada. O litro foi para R$ 2,886, recuo de 0,21%. No período de um mês os preços do combustível subiram 0,63% nos postos paulistas. A maior baixa semanal, de 0,86%, ocorreu em Alagoas. Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve alta de 0,03% no preço do biocombustível entre os períodos.

No período de um mês, os preços do etanol recuaram no Acre, no Ceará, em Goiás, na Paraíba, no Rio Grande do Norte e em Roraima, avançando em todos os outros Estados e no Distrito Federal. O destaque de alta mensal foi a Bahia, com valorização de 8,34% no biocombustível no período de um mês.

No Brasil, o valor mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,577 o litro, em Mato Grosso, e o máximo individual ficou de R$ 4,010 o litro, no Rio Grande do Sul.


Fonte: Jornal O Dia