Clipping

Preço médio da gasolina é o menor desde janeiro de 2018

Postado em 19 de Fevereiro de 2019

O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros caiu 0,57% nas bombas do país na semana encerrada no sábado, 16, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço passou de 4,197 reais para 4,173 reais e é o menor desde 6 de janeiro do ano passado.

A baixa foi medida em 24 estados. Em São Paulo, maior consumidor do país e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina baixou 0,20%, de 3,974 reais para 3,966 reais em média. No Rio de Janeiro, o combustível caiu 0,25%, de 4,712 reais para 4,700 reais, em média. Em Minas Gerais houve queda de 0,98%; de 4,512 reais para 4,468 reais o litro.

A ANP também apurou uma leve queda no preço do diesel. O valor médio por litro recuou 0,1%, de 3,444 reais para 3,442. Já o preço por litro do etanol caiu 0,5% no período, de 2,758 reais para 2,744 reais.

Etanol é melhor escolha
Segundo cálculos feitos pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o motorista tem vantagem se abastecer com etanol. O uso do combustível vale mais a pena se o preço não ultrapassar 70% do valor da gasolina na bomba. No último levantamento, o etanol equivale a 64,48% do valor da gasolina. No mesmo período no ano passado, a relação era de 72,41%, então, a gasolina era mais vantajosa.

A conta para saber se vale mais a pena abastecer com etanol ou gasolina é simples: O motorista precisa pegar o preço da gasolina e multiplicar por 0,7. Por exemplo, pegando o preço médio da gasolina na semana, de 4,173 reais, ao multiplicar por 0,7 o resultado será de 2,92 o litro. Dessa forma, compensa abastecer com etanol se o litro no posto for 2,92 ou menos.

 

 


Fonte: Revista Veja Online com Estadão Conteúdo