Clipping

Preços do etanol subiram 5% na região Sudeste em novembro

Postado em 16 de Dezembro de 2020

De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a Região Sudeste registrou, em novembro, um aumento de 5% no preço do etanol no comparativo com outubro. O biocombustível fechou o mês com o litro na média de R$ 3,531 nas bombas.

A gasolina também apresentou crescimento frente ao mês anterior – está 0,67% mais cara do que em outubro. O preço médio registrado em novembro para o combustível foi de R$ 4,644. Já o diesel comum avançou 2,27%, fechando na média de R$ 3,598. O diesel S-10 aumentou 1,72%, e foi encontrado a R$ 3,674 nas bombas.

No comparativo dos estados, Minas Gerais liderou com os valores mais altos para o diesel e o diesel S-10, fechando o mês comercializados a R$ 3,686 e R$ 3,757, respectivamente. O litro do etanol e da gasolina mais caros foram registrados no Rio de Janeiro – a R$ 4,093 e R$ 4,960, respectivamente. Já São Paulo liderou com os valores mais baixos para todos os tipos de combustíveis -o mês de novembro fechou em R$ 3,478 para o diesel, R$ 3,542 para o diesel S-10, R$ 2,993 para o etanol e R$ 4,293 para a gasolina.

Na relação 70/30, que compara, entre a gasolina e etanol, o combustível que mais vale a pena, a região se dividiu entre os dois combustíveis. “Em Minas Gerais e São Paulo, o etanol compensou mais e no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, prevaleceu a gasolina com uma opção mais vantajosa para os motoristas”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.


Fonte: Agência Safras - retirado do Portal Canal Rural