Clipping

Presidente do Sindaçúcar aposta em cenário otimista para safra 20/21

Postado em 26 de Outubro de 2020

Diante de uma regularidade climática favorável a cultura da cana em Alagoas, o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira, destacou que a expectativa para a safra 20/21 se mantém otimista por parte das unidades industriais do Estado.

“Não podemos assegurar nenhuma situação, quando se trata de clima. Mas, podemos torcer e deslumbrar mais uma safra maior neste ciclo de quatro anos que perseguimos uma recuperação agrícola da cana-de-açúcar no Estado de Alagoas”, afirmou o dirigente do setor.

De acordo com Nogueira, até o fim do período de moagem da cana no Estado, previsto para o mês de março e ou abril, na conclusão do ciclo 20/21, “uma safra ao redor de 18 milhões de toneladas de cana. O que se afigurará como uma sustentação de um crescimento lento, mas vigoroso diante do que sofremos nos últimos três anos”, declarou.

Segundo o presidente do Sindaçúcar-AL, diante deste cenário, empresários do setor sucroenergético alagoano e fornecedores de cana do Estados estão otimistas. “Há esperança de que vamos conquistar uma safra maior e, com isso, faremos a solidez percorrida para o setor e para o Estado de Alagoas”, finalizou.

A safra 20/21, que teve início na segunda quinzena de agosto, conta com 15 unidades produtoras em pleno funcionamento, gerando emprego e renda, movimentando a economia alagoana.

 


Fonte: Jornal de Alagoas