Clipping

Primeiro produtor inicia consulta pública para certificação no RenovaBio

A produtora de biodiesel do Rio de Janeiro, OLFAR, acaba de colocar em consulta pública seus números referentes à Planta de Porto Real. O período de 30 dias de validação dos dados dispostos pela Green Domus tem o propósito de finalizar o processo de certificação junto à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com isso, a OLFAR - Planta de Porto Real estará pronta para participar da Política Nacional de Biocombustíveis – RenovaBio.

A etapa de consulta pública visa dar transparência à certificação e é um dos procedimentos que compõe o processo definido pela ANP na Resolução nº 758 de 2018, publicada em novembro de 2018, para a obtenção do Certificado de Produção Eficiente de Biocombustível. Essa primeira consulta pública, ainda em abril, evidencia o envolvimento e esforço do setor privado para ofertar o número de CBios previsto nas metas definidas pela Resolução nº 5 de 2018, do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), do Ministério de Minas e Energia.

“É um passo importante para o sucesso do programa e temos certeza que nos próximos meses veremos usinas produtoras de etanol também submetendo seus dados à consulta pública. A nota de eficiência energética determinada após a certificação é um elemento central no mecanismo indutor de maior eficiência econômica e ambiental proposto pelo Renovabio”, explica o gerente de economia e análise setorial da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Luciano Rodrigues.

A UNICA e outras associações de produtores de biocombustíveis têm realizado eventos com suas empresas associadas, com a apoio da ANP, para esclarecer possíveis dúvidas nos procedimentos de certificação. Para mais informações sobre o RenovaBio, a certificação e as empresas credenciadas, acesse o site da ANP.

 

 


Fonte: UNICA