Clipping

Produção de açúcar continua crescendo no Centro-Sul

Postado em 19 de Novembro de 2020

A produção quinzenal de açúcar apresentou novo crescimento na região centro-sul. Conforme boletim da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) divulgado nesta semana, a quantidade produzida do adoçante na segunda quinzena de outubro totalizou 1,74 milhão de toneladas, com aumento de 14,4% na comparação com o mesmo período de 2019 (1,52 milhão de toneladas). A produção de etanol alcançou 1,51 bilhão de litros na segunda quinzena de outubro, contra 2,06 bilhões fabricados em igual período do ciclo 2019/2020. Do total produzido na quinzena, 867,52 milhões de litros foram de etanol hidratado e 637,51 milhões de anidro.

Segundo a UNICA, as usinas estão priorizando a fabricação de etanol anidro. Nesta última quinzena foram produzidos quase 23 litros do biocombustível por tonelada de cana-de-açúcar processada. Além disso, cerca de 96 milhões de litros de etanol hidratado foram convertidos em etanol anidro.

No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até a segunda quinzena de outubro, 45,46% da matéria-prima processada foi destinada à fabricação do adoçante. Com isso, a produção acumulada de açúcar atingiu 36,41 milhões de toneladas até 1º de novembro, ante 25,28 milhões em igual período de 2019.

A maior produção de açúcar permitiu exportação recorde do produto no mês de outubro. Dados divulgados pela Secretaria do Comércio Exterior (SECEX) registraram embarque de 4,20 milhões de toneladas de açúcar no mês.

O volume de etanol produzido no acumulado da safra 2020/2021 totalizou 27,09 bilhões de litros, sendo 18,53 bilhões de etanol hidratado e 8,55 bilhões de etanol anidro. A produção de etanol fabricado a partir do milho atingiu 1,41 bilhão de litros no acumulado da safra 2020/2021, com 126,31 milhões fabricados nos últimos quinze dias de outubro.

 


Fonte: Safras & Mercado