Clipping

Produção de açúcar cresce 10,17% em Pernambuco

Postado em 4 de Fevereiro de 2021

As usinas pernambucanas produziram 743,07 mil toneladas de açúcar até a primeira quinzena de janeiro. O volume representa um crescimento de 10,17% em relação ao mesmo período da safra anterior, conforme números publicados pelo Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco (Sindaçúcar-PE).

De acordo com o presidente do Sindaçúcar-PE, Renato Cunha, os números da safra no estado têm acompanhado o perfil nacional. Iniciada em setembro do ano passado, a safra deve seguir até o próximo mês em seis das 13 usinas em funcionamento. A projeção é que sete usinas encerrem a moagem na segunda quinzena de fevereiro.

Mais da metade do açúcar produzido no estado é do tipo refinado, com 439,73 mil toneladas. A produção de açúcar cristal atingiu 141,64 mil toneladas e a de VHP para exportação, 161,7 mil toneladas. No mesmo período, quando foram moídas 9,93 milhões de toneladas de cana, as empresas produziram 290 milhões de litros de etanol.

O sindicato ressalta que a distribuição de chuvas de setembro a novembro, os meses de colheita, não foi favorável à produção no ano passado. “Foram registrados volumes entre 1.100 mm e 1.900 mm em diversas regiões das zonas da Mata”, afirma.

Apesar dos índices pluviométricos desfavoráveis em 2020, a previsão para a safra atual é de uma moagem de 12,4 milhões de toneladas de cana, volume um pouco menor do que as 12,52 milhões de toneladas da temporada anterior. Estes valores, segundo a entidade, não consideram a matéria-prima destinada à produção de bebidas.

 


Fonte: Diário de Pernambuco