Clipping

Produção de açúcar deve aumentar na União Europeia em 2021/22, estima USDA

Postado em 29 de Abril de 2021

A produção de açúcar da União Europeia deverá aumentar para 15,8 milhões de toneladas em 2021/22, contra 14,717 milhões de toneladas em 2020/21, uma recuperação de mais de um milhão de toneladas, mas ainda assim abaixo dos níveis de produção verificados em 2019/20, disse o adido agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em Bruxelas nesta terça-feira, 27.

As razões para a queda na produção incluem produtividades ruins da beterraba açucareira em 2020, principalmente na França, Alemanha e Polônia, e ainda uma área cultivada menor diante do terceiro ano consecutivo de estiagem, combinada com severos ataques de pragas na França e outros países na medida em que alguns tipos de inseticidas seguem proibidos pelas autoridades do bloco.

O consumo de açúcar na União Europeia deve se recuperar modestamente em 2021/22, totalizando 16,750 milhões de toneladas, ante 16,6 milhões de toneladas em 2020/21, depois de sofrer com a pandemia de Covid-19, uma vez que o aumento no consumo dentro dos lares ainda não compensará a queda na demanda no consumo fora de casa diante das restrições impostas para combater a disseminação do coronavírus.

As importações para 2021/22 estão estimadas em 2,0 milhões de toneladas, mesmo volume apontado para 2020/21, enquanto as exportações do bloco deverão se manter na faixa de um milhão de toneladas. Os estoques finais deverão ficar em 1,160 milhão de toneladas em 2021/22, contra 1,110 milhão de toneladas ao final de 2020/21.


Fonte: Agência Safras - retirado do Portal Canal Rural