Clipping

Produtor inicia colheita da cana em SP

Nesta quarta-feira (04), o avanço de uma frente fria pela Região Sudeste mantém o tempo instável e com previsão para eventuais pancadas de chuva no decorrer do dia sobre quase todas as regiões produtoras de Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Maranhão e Piauí. Apenas o norte de Minas Gerais e o oeste baiano,  terão um dia de tempo mais aberto e sem previsão de chuva.

A chuva sobre as regiões do cerrado irão manter as condições bastante favoráveis ao desenvolvimento das lavouras , permanecendo as perspectivas de boas produtividades para as lavouras de 2ª safra. Além disso, com o tempo mais úmido, a realização da adubação nitrogenada no milho também será beneficiada.

No Sul, mesmo com o tempo mais aberto e sem previsões para chuva, as condições ainda se mantêm favoráveis à realização da colheita de soja no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Em São Paulo e no sul de Minas Gerais, o tempo também fica mais aberto, com previsão para eventuais pancadas de chuva. As condições ficam proveitosas à realização da colheita da cana de açúcar que já iniciou, aos poucos, em várias regiões produtoras do Estado.

Desenvolvimento das lavouras de 2ª safra
Nos próximos dias, a previsão continuará sendo de chuva mais concentrada sobre o centro-norte do Brasil . Por conta da passagem da frente fria pela Região Sudeste, que associada às áreas de instabilidade, o tempo fica mais instável e com previsão de pancadas de chuva . Serão beneficiada as lavouras de 2ª safra, como milho, algodão, feijão e girassol.

Na parte Sul, incluindo o Estado do Mato Grosso do Sul, as chuvas só retornam no meio da semana que vem, quando uma nova frente fria avança sobre a região. Até lá, o tempo permanece aberto e sem previsão para chuva. Há previsão para ocorrência de precipitações apenas na faixa leste dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e de São Paulo, que terão previsão para pancadas de chuva, principalmente de final de tarde.


Fonte: Climatempo