Clipping

Produtora conquista certificado internacional de sustentabilidade para produção de cana

Alinhada ao compromisso de uma agricultura sustentável, a Tereos contribuiu para um momento inédito na história canavieira do Brasil. A produtora Patrícia Matarazzo, da fazenda Santa Cruz do Pau D'Alho, em Bebedouro (SP), conquistou certificação da plataforma internacional SAI (Sustainable Agricultural Initiative), a primeira para a cultura de cana-de-açúcar no País. Até então, somente a cultura da laranja tinha esse selo.

No início de 2017, Patrícia tinha como objetivo buscar uma certificação para sua fazenda. Ao mesmo tempo, a Tereos tinha o projeto de certificar seus fornecedores. Desse objetivo comum, surgiu a parceria. A Tereos, por meio do programa de relacionamento Amigo Produtor, deu o suporte necessário para que a fazenda de Patrícia se adequasse às exigências para um produtor receber o selo.

Criado em 2002 pela Nestlé, Unilever e Danone, o SAI é uma plataforma que assegura boas práticas de fabricação de um determinado produto com foco em sustentabilidade. A plataforma visa promover agricultura sustentável para produção e, atualmente, conta com aproximadamente 90 membros. Entre eles está a Tereos, que tem 100% dos produtores de beterraba na França certificados.

"A certificação da plataforma SAI reforça o compromisso da Tereos de oferecer produtos de qualidade, que tenham passado por um processo sustentável, do campo à indústria e envolvendo fornecedores", afirma Edilberto Bannwart, diretor de Sustentabilidade da Tereos Açúcar & Energia Brasil.

A fazenda Santa Cruz do Pau D'Alho, que fornece 100% da cana-de-açúcar plantada à Tereos, promoveu uma série de melhorias que a levou à certificação: contenção e piso reformados e impermeabilizados; realocação do tanque de diesel; melhorias na lavanderia de EPIs com placas de procedimentos; entre outras.

"Essa conquista é a realização de um grande sonho. Há 20 anos, trabalho com o objetivo de melhorar constantemente", disse a produtora. "Estou muito feliz pelo apoio e reconhecimento da Tereos ao meu trabalho, e grata por ter uma equipe muito dedicada que lutou comigo para que isso acontecesse", ressalta Patrícia Matarazzo.

 

 

 

 

 


Fonte: Grupo Cultivar