Clipping

Proposta de proibição da aviação agrícola cai no Senado

A Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal rejeitou, por unanimidade, a proposta de proibir o uso da aviação agrícola na aplicação de defensivos nas lavouras em todo o País.

A proposta (PLS 541/15), de autoria do senador sergipano Antônio Carlos Valadares (PSB), propunha mudanças na Lei nº 7.802/89 (também conhecida como Lei dos Agrotóxicos), mas o relator, o senador Cidinho Santos (PR/MT), rejeitou o texto alegando que o projeto “atentava contra critérios técnicos já regulados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)”.

O Sindag – Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola – através de seu presidente, Júlio Kämpf, afirmou que o resultado é uma vitória do bom senso: “Nos últimos anos temos trabalhado ainda mais intensamente para levar o máximo de informações sobre o setor aeroagrícola aos parlamentares no Congresso Nacional, a agentes governamentais, entidades de classe e vários outros órgãos.

Tudo para colocar os debates em nível racional e livre de mitos”.

 

As informações são da Agência Senado e do site de notícias Agrolink


Fonte: Cenário MT