Clipping

Quantidade de açúcar por hectare no Brasil pode crescer a 21 t até 2025, diz Copersucar

A quantidade de açúcar extraída por hectare de cana colhida no Brasil pode praticamente dobrar até 2025, puxada por inovações tecnológicas no setor sucroenergético do país, disse nesta terça-feira o presidente do Conselho de Administração da Copersucar, Luis Roberto Pogetti.

"São investimentos sérios em produtividade que devem trazer ganhos para produção de alimentos e de energia", destacou ele durante apresentação no Global Agribusiness Forum (GAF), em São Paulo.

Conforme dados apresentados por Pogetti, na década de 1970 a produtividade era de 5,5 toneladas de açúcar por hectare de cana, quantidade que passou para 11 toneladas em 2015 e deve ir a 21 toneladas em 2025.

O Brasil é o maior exportador global do adoçante.

Segundo o presidente do Conselho da Copersucar, entre os fatores que devem impulsionar o rendimento dos canaviais estão melhores técnicas de hibridação, canas geneticamente modificadas, adoção de sementes no plantio, melhorias no manejo, entre outros.

Pogetti comentou que a tendência para o consumo global de açúcar continua altista, dado o aumento populacional e uma alimentação mais calórica em países emergentes.

Por José Roberto Gomes


Fonte: Reuters