Clipping

Relatório Semanal – Açúcar e Etanol

O mercado de açúcar continuou em alta na última semana, trabalhando num range de 86 pontos, fazendo a mínima em 13,04 e a máxima em 13,90 cts/lb, níveis animadores para quem viu a mercadoria chegar abaixo de 10 cts/lb.

O lado técnico está agindo e os fundos recomprando massivamente posições em açúcar e café.

Os fundos liquidaram inacreditáveis 51.673 lotes de açúcar, porém continuam net short, agora em “apenas” 36.289 lotes.

Do lado do açúcar, há evidentes pontos fundamentais que sustentam esse rally, apesar do movimento ter sua rapidez exagerada pela posição dos fundos.

Temos a queda iminente pelo quarto ano seguido da safra do C/S do Brasil, aliado a um mix provavelmente mais alcooleiro e a falta de trato nos canaviais, temos também a queda iminente da safra na U.E, e ainda tivemos notícias de que a Cooperativa de açúcar das indústrias da Índia diminuíram a atual estimativa de safra de 35,5 para 32,4 mi ton de açúcar, diminuindo o surplus mundial e tirando a pressão dos preços do açúcar.

A queda na safra indiana se deve a doenças na cana em Maharashtra e Karnakata. No Brasil, o etanol teve leve recuo (-0,45%) na última semana, fechando a R$ 1,8129.

A paridade continua nas maiores praças do Brasil, embalando o consumo do produto.

Sugar No. 11 Futures – Março 19 (SBH9): Dados Históricos (2 anos)

 

 

Por Luiz Eduardo de Paula, Alex Udiloff, Alessandro Gimenes, Fabiana Traina e Henrique Teixeira 


Fonte: H. Commcor DTVM