Clipping

Safra 2017/2018: 17,66 milhões de toneladas processadas na 1ª quinzena de abril

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras da região Centro-Sul alcançou 17,66 milhões de toneladas na 1ª quinzena de abril de 2017, queda de 46,38% em relação à moagem observada no mesmo período de 2016 (32,94 milhões de toneladas).

A produção quinzenal de açúcar atingiu 704,38 mil toneladas, expressiva retração de 51,02% na comparação com o valor registrado na primeira metade de abril da safra 2016/2017 (1,44 milhão de toneladas). Essa queda na produção quinzenal de açúcar deriva da menor moagem e, ainda, da retração observada no mix de produção: 39,25% da cana-de-açúcar processada foi destinada à fabricação de açúcar neste ano, contra 41,03% registrados nos primeiros 15 dias de abril de 2016.

O volume fabricado de etanol na primeira quinzena de abril totalizou 687,28 milhões de litros, dos quais 162,22 milhões de litros de etanol anidro e 525,05 milhões de litros de etanol hidratado.

A produtividade agrícola da área colhida no Centro-Sul verificada em abril, conforme levantamento realizado pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), será publicada no próximo informativo.

Ao final da primeira metade de abril de 2017, 159 unidades produtoras estavam em operação, contra 215 no mesmo período do ano anterior. Na próxima quinzena, 72 unidades devem iniciar a safra e outras 26, ao longo da 1ª quinzena de maio.

As vendas de etanol pelas unidades da região Centro-Sul somaram 833,65 milhões de litros nos primeiros 15 dias de abril, sendo 68,67 milhões de litros destinados à exportação e 764,98 milhões de litros ao mercado interno.

No mercado doméstico, o volume de etanol hidratado comercializado na 1ª metade de abril alcançou 462,91 milhões de litros. Já as vendas de etanol anidro totalizaram 302,08 milhões de litros em idêntico período, contra 458,10 milhões de litros apurados na última quinzena de março de 2017.

Essa retração nas vendas de etanol anidro, quando comparadas com o volume comercializado na última metade de março, já era prevista. Isso porque, de acordo com as regras estabelecidas pela Resolução ANP nº 67/2011, produtores e distribuidores de combustíveis devem manter estoques de etanol anidro no dia 31 de março. Dessa forma, é natural que parte das vendas dos distribuidores no início de abril sejam supridas pelo produto armazenado, reduzindo a retirada de etanol das unidades produtoras ao longo desse período.

Para acessar o relatório quinzenal de safra, clique aqui.

O realtório completo da safra está disponível no UnicaData, clique aqui.
 


Fonte: UNICA