Clipping

São Martinho: pela primeira vez, moagem está acima de 22 mi de t

Com potencial para chegar até 24 milhões de toneladas em moagem de cana, o CEO da São Martinho, Fábio Venturelli, afirma que a companhia deve fechar a safra de 2017/18 com 22,2 milhões de toneladas processadas, avanço de 15,2% em relação à temporada anterior. “Pela primeira vez estamos com moagem acima de 22 milhões de toneladas”, ressalta o executivo durante o São Martinho Day, em São Paulo.

Atualmente, a empresa especializada na produção de açúcar, etanol e cogeração de energia opera com 93% da capacidade instalada, porcentual considerado satisfatório pelo CEO. Segundo ele, a fabricação de açúcar tem potencial para atingir 1,545 milhão de toneladas, caso o mix de produção seja mais açucareiro, e a de etanol pode bater 1,22 bilhão de litros, na hipótese de mix alcooleiro.

Especificamente para a safra de 2017/18, a expectativa é de que a São Martinho avance 8,2% na produção de açúcar em relação à ultima temporada, para 1,4 milhão de toneladas. Em etanol, o crescimento estimado é de 42,9% no ciclo atual, para 953 milhões de litros, no mesmo intervalo comparativo. O nível de Açúcar Total Recuperável (ATR) deve aumentar 7,3% em 2017/18, para 139,8 quilos por tonelada.

“Nossa capacidade de armazenagem chega a 60% no açúcar e 80% no etanol, que nos permite maior flexibilidade em comercialização. A média do mercado é de 25% em armazenagem de açúcar e até 43% em etanol”, acrescenta Venturelli.


Fonte: Estadão Conteúdo