Clipping

Segundo diretor da Abag, RenovaBio desperta interesse de outros países

O diretor da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Luiz Carlos Corrêa Carvalho, disse nesta segunda-feira, 5, que o RenovaBio é uma política que vem despertando o interesse de outros países para possível aplicação.

“Tem países analisando para também aplicar essa lei de biocombustíveis”, disse Carvalho, em entrevista coletiva durante o Congresso Brasileiro do Agronegócio, em São Paulo, promovido pela Abag. “No RenovaBio, o produtor terá, por exemplo, que medir e qualificar todas as suas emissões (de gases do efeito estufa)”, disse. “Nenhum país tem uma política como essa”.

A fala de Carvalho veio em resposta às críticas que o setor produtivo brasileiro constantemente sofre no exterior, e também internamente, em relação à preservação do meio ambiente. Ele citou, ainda, o Rota 2030, programa em fase de implementação. “Tanto o RenovaBio quanto o Rota 2030 são faces da moeda que têm de ser mostradas”, disse.

 


Fonte: Agência Estado