Clipping

Senador quer que TCU suspenda acordo com EUA sobre etanol

Postado em 15 de Setembro de 2020

O senador Jaques Wagner (PT-BA) entrou com representação no Tribunal de Contas da União (TCU) para solicitar a suspensão da decisão do governo Federal de prorrogar, por mais 90 dias, a cota de importação de etanol, mantendo zero a tarifa de importação do produto.

Wagner solicita que o Ministério da Economia, sob gestão de Paulo Guedes, apresente estudos e dados técnicos e econômicos que justifiquem legalmente a medida adotada.

“Foi noticiado pela imprensa que tal decisão tem intuito eleitoreiro e busca favorecer a reeleição do presidente dos Estados Unidos. Não se pode permitir que anseios políticos e econômicos, não vantajosos ao Brasil, ou até mesmo a simpatia ou admiração do presidente por líderes de outras nações, sejam a única e maior motivação para a imposição de queda de arrecadação e desprestígio aos produtos e à Soberania Brasileira”, ressaltou o parlamentar.

“Além disso, temos um biocombustível avançado, que reduz as emissões de gases de efeito estufa em 61% em relação à gasolina, muito mais vantajoso que o americano, que reduz apenas cerca de 15%”, completa.

Para Wagner, a decisão do governo vai na contramão do que havia sido prometido aos produtores brasileiros e prejudica, principalmente, o Nordeste. “Tal concessão, sem reciprocidade, afeta essa região mais pobre do país, onde quase 70% do etanol usado vem dos EUA, acarretando prejuízos aos produtores e reduzindo empregos. Levando em conta todos esses pontos, reforço a necessidade de se averiguar a decisão que não traz nenhuma vantagem ao nosso país”, relata.

 


Fonte: Folha de S. Paulo