Clipping

Será que o solo tem alguma relação com a ocorrência de doenças em cana-de-açúcar?

Já foi verificado em várias usinas no centro-sul do Brasil que algumas doenças, como por exemplo, a “Estria Vermelha” se manifesta quando algumas variedades adaptadas a ambientes mais restritivos são plantadas em ambientes A e B (como por exemplo a variedade RB7515). Além desse exemplo, a relação solo-variedade também está sendo estudada para outras doenças como é o caso do Colletotrichum que tem aumentado a sua infestação rapidamente nos canaviais brasileiros.

A nossa contribuição nesse assunto é: quando plantamos variedades responsivas e intermediárias em ambientes D e E, estas necessitam de um gasto energético maior para produzirem, tornando-as mais susceptíveis ao ataque de brocas/cigarrinhas e consequentemente a maior manifestação do Colletotrichum que é um fungo oportunista. Portanto, o controle fitossanitário da cultura da cana-de-açúcar se deve também ao uso da Carta de Solos, principalmente no que diz respeito a correta alocação das variedades.

Sobre nós

O consultor Dib Nunes Jr., do Grupo IDEA e Fernando Bertolani, da CSolos fazem parte da rede de consultores associados Dr. Cana.

O Dr. Cana é uma maneira diferente, com excelente custo-benefício, de se contratar consultorias agrícolas das diversas fases da produção da cana. O assinante do Dr. Cana possui créditos mensais para trocar por serviços especializados que se complementam com o objetivo de aumentar a produtividade.

Saiba mais em: www.drcana.com.br


Fonte: Fernando Bertolani - CSolos