Clipping

Sistema de Meiosi com MPB em cana-de-ano

A desdobra da linha-mãe deverá ocorrer em outubro de 2019. A expectativa é que a taxa de multiplicação seja 1x16

Durante dia de campo que a BASF realizou na fazenda Belo Horizonte, em Jaboticabal, SP, Nilton Degaspari, gerente de Novos Projetos da BASF, apresentou mais uma alternativa para a aplicação do sistema de plantio e MPB – Muda Pré-Brotada (MPB) em Meiosi –  (Método Interrotacional Ocorrendo Simultaneamente), dessa vez em área de cana-de-ano.

O canavial com cana-soca, apresentado por Degaspari, é com a variedade CTC 2, o corte ocorreu em 30/11/2018 e seria renovado. Mas optou-se por ganhar mais um corte, só retirando a soca em outubro de 2019. O proprietário não quis abrir mão de formar o próximo canavial com mudas sadias, provenientes de MPB AgMusa, da BASF, e tomba-las em um solo que recebeu os nutrientes da adubação verde.

Para isso, após a colheita da soca, foram abertas faixas no talhão com três metros de largura, as touceiras foram erradicadas e no centro da faixa preparou-se, com o manejo correto, a linha de cana onde foram plantadas, em 04/12/ 2018 as mudas de MPB da variedade CTC 9001.

 Em 07/12/2018 plantou-se, entre as linhas da socaria, Crotalária spectabilis, adubo verde que propiciará ganhos agronômicos ao solo. O canavial deverá ser colhido em outubro de 2019, quando acontecerá a desdobra da linha-mãe. A expectativa é que a taxa de multiplicação seja 1x16.

Degaspari explicou que essa é uma opção adequada para quem não tem condições de obter uma renda extra com a Meiosi com amendoim e soja. Veja mais detalhes no vídeo.

 


Fonte: CanaOnline