Clipping

Solo vermelho e argiloso não é garantia de elevado potencial para a cana-de-açúcar.

Nem todo solo vermelho e argiloso possui alta fertilidade natural ou mesmo satisfatória, como por exemplo, os Latossolos Vermelhos ácricos ou acriférricos de textura argilosa.

O caráter ácrico indica que esses solos, apesar de argilosos, apresentam baixa fertilidade natural e baixa capacidade de reter nutrientes e água. No entanto, para a cultura da cana-de-açúcar, podemos melhorar muito o seu potencial produtivo quando utilizamos o manejado adequado, ou seja, quando realizamos uma adequada correção do solo, adubações parceladas e regulares, bom manejo de palha, uso de resíduos orgânicos, entre outros.

Cuidado também com a época de plantio dos solos ácricos, pois a cana-de-açúcar nesses solos deve passar o período da seca com poucas folhas emitidas, isto é, a planta deve estar pequena para gastar o mínimo de energia e retomar o seu crescimento com vigor quando iniciar o período das chuvas.

Com relação aos ambientes de produção, solos com caráter ácrico são classificados como ambiente C ou D, portanto, deve ser planejado, para as fazendas que possuem esses solos, o uso de variedades intermediárias. É fundamental identificá-los na Carta de Solos das usinas ou nos fornecedores e tratá-los adequadamente.

Sobre nós

O consultor Fernando Bertolani, da CSolos e Dib Nunes Jr., do Grupo IDEA, fazem parte da rede de consultores associados Dr. Cana.

O Dr. Cana é uma maneira diferente, com excelente custo-benefício, de se contratar consultorias agrícolas das diversas fases da produção da cana.

O assinante do Dr. Cana possui créditos mensais para trocar por serviços especializados que se complementam com o objetivo de aumentar a produtividade.

Saiba mais em: www.drcana.com.br


Fonte: Fernando Bertolani - CSolos