Clipping

Solos com pedras ou cascalhos: é preciso saber onde estão para evitar danos em implementos, plantadoras e colhedoras.

No planejamento da colheita mecanizada da cana-de-açúcar é preciso utilizar a Carta de Solos para verificar na usina quais os solos que apresentam pedras ou cascalhos. Em primeiro lugar é preciso identificar essas áreas na Carta de Solos para fazer a catação das pedras maiores.

Depois, no momento da colheita, ajustar a altura da base de corte para que as “faquinhas” não entrem em contato com as pedras ou cascalhos menores que permaneceram no solo. Isso é muito importante, pois evita danos na colhedora e consequentemente prejuízos diretos (troca de peças) e indiretos (máquina parada e atraso na colheita).

No caso do preparo do solo para o plantio ou reforma dessas áreas ocorre o mesmo risco, porém nesse caso com hastes do subsolador e da plantadora.

Quando no solo há quantidades muito grandes de pedras ou cascalhos, várias usinas utilizam a Carta de Solos para isolar essas áreas, deixando de utilizá-las, pois tanto o plantio quanto a colheita mecanizada ficam comprometidas.

De forma geral, os solos que mais apresentam pedras ou cascalhos em cana-de-açúcar são: Neossolos Litolicos, Nitossolos e Argissolos pouco profundos, Cambissolos rasos, Latossolos concrecionários, Plintossolos e Petroplintossolos.

Sobre nós

O consultor Dib Nunes Jr., do Grupo IDEA e Fernando Bertolani, da CSolos fazem parte da rede de consultores associados Dr. Cana.

O Dr. Cana é uma maneira diferente, com excelente custo-benefício, de se contratar consultorias agrícolas das diversas fases da produção da cana. O assinante do Dr. Cana possui créditos mensais para trocar por serviços especializados que se complementam com o objetivo de aumentar a produtividade.

Saiba mais em: www.drcana.com.br

 

 


Fonte: Fernando Bertolani - CSolos