Clipping

Superávit da balança do agronegócio de SP cresce 23,8% de janeiro a outubro

Postado em 8 de Dezembro de 2020

O dado foi divulgado nesta terça-feira, pelo Instituto de Economia Agrícola, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado

O agronegócio paulista alcançou exportação de US$ 14,30 bilhões nos primeiros dez meses de 2020, o que representa aumento de aumento 12,2% em comparação com igual período de 2019. Já as importações do setor diminuíram 14,1% no período, totalizando US$ 3,36 bilhões.

Com esses resultados, São Paulo obteve superávit na balança comercial de US$ 10,94 bilhões, aumento de 23,8% quando comparado ao mesmo período de 2019. As informações são do Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

Os principais grupos nas exportações do agronegócio paulista foram: Complexo Sucroalcooleiro (US$ 5,14 bilhões sendo que desse total o açúcar representou 84,8% e o álcool 15,2%), Complexo Soja (US$ 1,89 bilhão), Carnes (US$ 1,87 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 86,8%), Produtos Florestais (US$ 1,27 bilhão, com participações de 49,6% de papel e 37,9% de celulose) e Sucos (US$ 1,13 bilhão, dos quais 97% referentes a sucos de laranja).

Esses cinco agregados representaram 79,1% das vendas externas setoriais paulista. De janeiro a outubro de 2020, as exportações totais do Estado de São Paulo somaram US$ 34,30 bilhões (19,7% do total nacional) e as importações US$ 42,14 bilhões (33,3% do total nacional), registrando déficit comercial de US$ 7,84 bilhões, que poderá ter sido ainda pior, não fosse o resultado superavitário do agronegócio.


Fonte: Canal Rural