Clipping

Superávit do agronegócio paulista cresce 20%

Postado em 24 de Julho de 2020

Maiores valores e volumes das exportações de cana, soja e carnes contribuíram para a elevação

Nos primeiros seis meses de 2020, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$19,27 bilhões (18,9% do total nacional), e as importações US$25,79 bilhões (32,5% do total nacional), registrando déficit comercial de US$6,52 bilhões, informa a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA).

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Agricultura de São Paulo, na análise setorial o agronegócio paulista apresentou aumento nas exportações (+10%), alcançando US$ 8,03 bilhões, e queda nas importações (-10,8%), totalizando US$ 2,14 bilhões; com estes resultados, obteve-se superávit de US$ 5,89 bilhões, (+20,2%) quando comparado ao mesmo período de 2019, afirmam Marli Dias Mascarenhas Oliveira, Carlos Nabil Ghobril e José Alberto Angelo, pesquisadores do IEA, lembrando que esse resultado é fundamental para reduzir o déficit das contas do Estado.

De janeiro a junho de 2020, os cinco principais grupos nas exportações do agronegócio foram: Complexo Sucroalcooleiro (US$ 2,24 bilhões, sendo que desse total o açúcar representou 85,6% e o álcool 14,3%), Complexo Soja (US$ 1,48 bilhão), Carnes (US$ 1,09 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 85%), Produtos Florestais (US$ 807,65 milhões, com participações de 51,8% de papel e 38% de celulose) e Sucos (US$ 670,59 milhões, dos quais 96,3% referentes a sucos de laranja). Esses cinco agregados representaram 76,8% das vendas externas setoriais paulistas.

 


Fonte: Agrolink