Clipping

Tereos emite mais de R$ 1 bilhão em financiamentos verdes

Postado em 14 de Maio de 2021

A Tereos Açúcar & Energia Brasil, subsidiária do Grupo Tereos, um dos líderes globais na produção de açúcar e etanol, emitiu mais de R$ 1 bilhão em financiamentos verdes na safra 2020/21 - encerrada em março. A companhia foi a que mais realizou este tipo de transação no período dentro do setor sucroenergético, através das principais modalidades de financiamentos verdes.

O empréstimo sindicalizado no montante de US$ 105 milhões, realizado em junho de 2020, foi o primeiro financiamento sustentável do setor sucroenergético brasileiro. O financiamento contou com os bancos ING e Natixis como coordenadores da transação e coordenadores de sustentabilidade, bem como BNP Paribas, CIC, Citibank, Commerzbank e Rabobank como participantes. A operação foi atrelada a quatro metas de desenvolvimento sustentável pelo prazo de 5 anos do contrato: redução de 15% nas emissões de CO2 por tonelada de cana processada; redução de 10% no consumo de água por tonelada de cana processada; aumento de 25 pontos percentuais na cana certificada; e melhoria de 10 pontos na avaliação de critérios ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG) pela Ecovadis. Dentro das metas estipuladas no primeiro ano, a Tereos atingiu e ultrapassou todas.

Outro financiamento verde obtido pela Tereos foi com a Proparco - braço da agência francesa de desenvolvimento, no montante de US$ 30 milhões. O valor será investido na construção de unidades de produção de biogás, que permitirão à Tereos reduzir as suas emissões de CO2, continuando na jornada de se tornar uma empresa com uma pegada de carbono ainda mais negativa, bem como nas instalações para tratamento de água residual. O empréstimo, desembolsado em março de 2021, tem dois anos de carência e prazo de amortização de 12 anos.


Neste ano, a Tereos também emitiu R$ 348 milhões em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA). A operação foi caracterizada como um CRA Verde pela SITAWI - organização pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para impacto social. Os recursos serão destinados à aquisição de cana-de-açúcar para a produção de etanol, estimulando o uso de biocombustíveis na matriz energética e a consequente mitigação de emissão de gases do efeito estufa. Com prazo de cinco anos, a emissão contou com os bancos UBS BB, BTG Pactual e XP Investimentos como coordenadores e a FG/A como assessoria financeira. A emissão foi realizada pela VERT.

Segundo Pierre Santoul, diretor-presidente da Tereos Brasil, a empresa segue com o compromisso de manter nos próximos anos um levantamento de recursos atrelados à sustentabilidade: "Temos a sustentabilidade no DNA do nosso negócio e ao vincular os financiamentos à evolução de práticas sustentáveis, reafirmamos o nosso compromisso e responsabilidade em minimizar impactos ambientais", comenta.

"Estamos muito orgulhosos de ter atingido esta importante marca de R$ 1 bilhão em financiamentos verdes no nosso primeiro ano atrelando a sustentabilidade aos nossos empréstimos. Para isso, contamos com sólidos parceiros financeiros, que têm se engajado cada vez mais nesta frente ESG, aos quais gostaríamos de agradecer pelo suporte e parceria nesta conquista.", destaca Felipe Mendes, diretor de Tesouraria e Novos Negócios.


Fonte: Tereos - retirado da Agência Udop de Notícias