Clipping

Tereza Cristina espera analisar dados do CAR e avançar na regularização ambiental em 2021

Postado em 1 de Março de 2021

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que esse será o ano de implementação do Código Florestal no país. A expectativa dela é conseguir analisar os dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e avançar com a regularização ambiental das áreas que precisam de recuperação.

Superada esta etapa, o país terá números confiáveis para rebater as críticas na área de meio ambiente. "Estamos tentando, junto com os Estados, colocar o Código Florestal para funcionar. O período para a realização do CAR terminou em dezembro, para ter acesso aos benefícios do código, e esse é o ano da implementação", afirmou em entrevista a uma rádio de Tocantins.

Mais de 7 milhões de propriedades rurais foram registradas no CAR. A área total supera 566 milhões de hectares, dois terços do território nacional.

O Ministério da Agricultura, no entanto, ainda não conseguiu colocar em funcionamento a Plataforma de Análise Dinamizada do CAR, prometida para o ano passado. Pronta e com técnicos estaduais treinados, a expectativa é que as validações dos cadastros, que consistem na avaliação dos dados fornecidos pelo produtor sobre a propriedades e a preservação de vegetação de nativa nelas, comece em 2021.

"Com o CAR feito e colocado à disposição vamos ter números para mostrar que a produção é sustentável, respeita o Código, que está dentro do que o mundo espera", continuou.

A ministra espera que os dados ajudem a melhorar a imagem do Brasil e do agronegócio brasileiro no exterior. "A gente sofre uma propaganda muito ruim lá de fora e aqui de dentro mesmo. Tem gente que combate e acha que agronegócio é o grande vilão do desmatamento, de todas as mazelas ambientais, o que não é verdade", concluiu.


Fonte: Valor Econômico