Clipping

Trump diz que a China vai comprar "quantidades enormes" de produtos agrícolas dos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que a China prometeu comprar “quantidades enormes” de produtos agrícolas norte-americanos, mas não deu detalhes sobre compromissos propostos por Pequim após negociações comerciais entre as duas maiores economias do mundo na semana passada.

“Comércio justo, e mais, com a China vai acontecer!”, escreveu Trump em uma série de comentários no Twitter, um dia depois de o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, afirmar que uma guerra comercial com a China está em suspenso.

“A China concordou em comprar enormes quantidades ADICIONAIS de produtos agrícolas - será uma das melhores coisas que aconteceram aos nossos agricultores em muitos anos”, tuítou Trump. “Na China, barreiras e tarifas cairão pela primeira vez”. 

Trump não ofereceu detalhes sobre o que os EUA e as autoridades chinesas acertaram depois das negociações de quinta e sexta-feira em Washington. As conversas seguiram-se a reuniões anteriores em Pequim com o objetivo de lidar com o atrito comercial provocado pela ameaça do governo Trump de impor tarifas sobre produtos chineses, e uma contraproposta da China para a taxação de produtos norte-americanos.

Durante o fim de semana, Pequim e Washington se comprometeram a continuar conversando sobre como a China poderia importar mais energia e commodities agrícolas dos EUA para reduzir o déficit comercial anual de 335 bilhões de dólares em bens e serviços com a China.

Por Susan Heavey


Fonte: Reuters