Clipping

Unica: investimentos em etanol voltarão após 2020, com RenovaBio em vigor

O presidente do Conselho Deliberativo da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) e vice-presidente de Relações Externas e Estratégia da Raízen, Pedro Mizutani, avaliou nesta quinta-feira, 22, que os investimentos do setor de etanol voltarão após 2020, quando a nova Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) estará completamente em vigor. “A partir de 2020 vamos ter a segurança de investimento. Os empresários vão esperar isso acontecer e vemos ter novo ciclo de expansão”, disse Mizutani durante o VII Encontro Cana Substantivo Feminino, em Ribeirão Preto (SP).

Ele considerou que o RenovaBio, cuja lei foi regulamentada na semana passada, está 60% concluído, “mas que muitos obstáculos” surgirão pela frente até 2020. Entre esses obstáculos estão a definição das metas de redução de emissões de gases poluentes e o papel dos produtores de biocombustíveis nesse processo.

Mizutani lembrou que a demanda de combustíveis do Ciclo Otto (gasolina e etanol) irá crescer dos atuais 53 bilhões de litros por ano para 70 bilhões de litros por ano, em 2030. “Essa demanda precisa ser suprida pelo etanol, o RenovaBio será fundamental e isso precisa ser divulgado. Se ficarmos quietos, os 17 bilhões de litros (de aumento na demanda) serão ocupados por gasolina importada, sujando a matriz”, concluiu.


Fonte: Estadão Conteúdo - retirado da Revista Isto É