Clipping

USDA suspende cobrança de dívidas de produtores afetados pela Covid-19

Postado em 27 de Janeiro de 2021

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) informou nesta quarta-feira que suspendeu temporariamente algumas cobranças de dívidas de produtores que enfrentam problemas financeiros devido à pandemia de Covid-19.

É esperado que a medida atinja 12 mil agricultores que devem dinheiro sob os programas governamentais Farm Storage Facility Loan e Direct Farm Loan, administrados pela Agência de Serviços Agrícolas do USDA.

Os agricultores deram amplo apoio ao ex-presidente Donald Trump, que liberou bilhões de dólares em pagamentos diretos em dinheiro, em detrimento do atual presidente Joe Biden, que assumiu o cargo neste mês.

Anos de preços baixos dos produtos agrícolas colocaram os agricultores em dívida, embora o aumento mais recente dos preços do milho e da soja tenha gerado algum otimismo.

“O USDA e o governo Biden estão comprometidos em levar alívio e apoio aos agricultores, pecuaristas e produtores de todas as origens e status financeiros”, disse em comunicado o vice-chefe de gabinete do USDA, Robert Bonnie.

O plano suspende as cobranças de dívidas vencidas e as execuções hipotecárias de produtores em dificuldades, além de estender alguns prazos de empréstimo.

O USDA disse que a suspensão das dívidas estará em vigor até segunda ordem.

 


Fonte: Reuters