Clipping

Usina Coruripe passa por auditoria e renova certificações internacionais

Postado em 1 de Junho de 2021

Unidades da empresa em Minas Gerais alcançaram excelência em auditoria externa dos selos ISO 900114001 e 45001

As práticas de gestão em qualidade, meio ambiente, saúde e segurança da Usina Coruripe, uma das maiores do setor sucroenergético no país, foram reconhecidas, mais uma vez, com a renovação das certificações ISO 9001 (que atesta a qualidade do produto e padronização e otimização de processos) e a ISO 14001 (que demonstra que a empresa, em todo seu processo produtivo, garante as questões de preservação e proteção ao meio ambiente). As unidades da empresa em Minas Gerais passaram por uma rigorosa auditoria externa e, além dessas certificações, a unidade de Iturama conseguiu realizar a migração da norma de saúde e segurança OHSAS 18001 para a ISO 45001. 

As certificações comprovam que a Coruripe está alinhada aos parâmetros internacionais de qualidade, meio ambiente, saúde e segurança de seus colaboradores. Segundo Allan Henrique Pedrosa da Silva, coordenador corporativo da área de Sistema de Gestão Integrado da Usina Coruripe, não houve registros de não conformidades durante a auditoria, realizada ao longo de uma semana pela ABS Quality. "Isso nos beneficia de forma direta e positiva, atingindo a confiança e a satisfação não apenas do mercado e de nossos clientes, mas de todos os stakeholders." Ele explica que, a cada três anos, a empresa passa por uma auditoria de recertificação e, nesse intervalo, anualmente, é submetida também a auditoria de supervisão. 

Na avaliação de Silva, a conquista demonstra o quanto a companhia tem evoluído na busca pela excelência dos processos. "Temos um time focado em contribuir e disseminar todas as informações necessárias, fazendo um elo entre as normas e as áreas da empresa, extraindo o máximo das diretrizes dessas normas para aprimorarmos a qualidade de todos os nossos processos e produtos, desde produção no campo até a chegada do produto no cliente final", destaca. Para disseminar essa cultura na empresa, a Coruripe investe em treinamentos, reuniões de análise crítica, entre outras ações de comunicação com os colaboradores. "Nós trabalhamos para mostrar aos colaboradores a importância de cada atividade e do trabalho de cada um, para que a empresa conquiste e mantenha essas importantes certificações", diz.  

Ele também destaca o potencial dessa conquista, mesmo em tempos adversos. "Em um cenário tão desafiador, em que a saúde e segurança dos nossos colaboradores se tornou ainda mais prioritária, a conquista dessas certificações nos mostra que estamos realmente alinhados e permanecemos no caminho correto", avalia. "A renovação, mais uma vez, comprova a eficácia de um bom trabalho em equipe", complementa Allan Silva. 

Sobre a Usina Coruripe

A Usina Coruripe, controlada pelo grupo Tércio Wanderley, com sede em Coruripe (AL) e fundada em 1925, é a maior empresa do setor sucroenergético no Norte/Nordeste. Está também entre os maiores grupos do setor em Minas Gerais e é uma das 10 maiores do Brasil. Com quatro unidades em Minas Gerais (em Iturama, Campo Florido, Carneirinho e Limeira do Oeste), uma em Alagoas (Coruripe) e um terminal ferroviário próprio em Fernandópolis (SP), a Usina Coruripe possui capacidade de moagem de 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, produz mais de 1 milhão de toneladas de açúcar, cerca de 500 milhões de litros de etanol, com capacidade de armazenagem de cerca da metade dessa produção, e comercializa energia renovável produzida a partir da queima de biomassa.

 


Fonte: Assessoria