Clipping

Usina Cucaú inicia moagem da cana-de-açúcar

Uma missa solene foi realizada na manhã desta terça-feira (25) para celebrar o início da moagem 2018/2019 da cana-de-açúcar da usina Cucaú, localizada no município de Rio Formoso, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Representantes do setor sucroalcooleiro e funcionários da usina se reuniram na sede da empresa, com a presença do presidente do Grupo EQM, Eduardo de Queiroz Monteiro, para celebrar mais oportunidades de geração de emprego e renda.

Com a perspectiva de um aumento na quantidade de cana de cerca de 25% em relação a safra passada, esta colheita deve moer aproximadamente 1,3 milhão de toneladas de cana. “Em função da baixa do preço do açúcar, esta moagem deve ser destinada 60% na produção de etanol, e os outros 40% para o açúcar”, explicou o diretor executivo da Cucaú, Marcos Clemente, ao informar que a moagem deve terminar no fim de fevereiro.

Ao movimentar áreas do setor sucroalcooleiro, a moagem da usina gera cerca de seis mil empregos. “É a consolidação de empregos de forma consistente. Com a moagem, existe a geração de renda em torno da região vizinha à usina. Pernambuco volta a ocupar espaço no setor”, destaca o presidente do Sindaçucar-PE, Renato Cunha.

Durante a missa, o Bispo de Palmares, Dom Henrique da Costa, pediu a bênção de Deus para o trabalho que se inicia. “É a responsabilidade da empresa no contexto da nossa região”, disse. O pai de Eduardo Monteiro, Armando Monteiro Filho, falecido no início deste ano, foi lembrado durante a solenidade.

Estavam presentes ainda a esposa de Eduardo Monteiro, Cláudia Portela, e a mãe, Dona Do Carmo Magalhães Monteiro, além de diretores da Folha de Pernambuco: o diretor operacional, José Américo, a diretora administrativa, Mariana Costa, e o diretor comercial, Alano Vaz.

 


Fonte: Folha de Pernambuco