Clipping

Usinas de biomassa da Bunge Açúcar & Bioenergia recebem Certificado Energia Verde

Postado em 1 de Março de 2019

Unidades Moema (SP), Monteverde (MS), Pedro Afonso (TO) e Santa Juliana (MG) respondem por 80% da energia gerada pela empresa, que tem a capacidade de exportar 640 GWh para o SIN

A Bunge Açúcar & Bioenergia foi reconhecida pela operação sustentável e eficiente de quatro usinas movidas à biomassa, que foram certificadas pela União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA) e pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), através do Certificado Energia Verde. As unidades de Moema (SP), Monteverde (MS), Pedro Afonso (TO) e Santa Juliana (MG) receberam a consideração pelo Programa de Certificação de Bioeletricidade.

Com instalações de cogeração, a empresa produz energia renovável para atender de forma autossuficiente suas próprias usinas e tem capacidade de exportar 640 GWh para rede nacional – Sistema Interligado Nacional (SIN). Os quatro empreendimentos certificados têm capacidade instalada de moagem de 13,1 milhões de toneladas de cana e respondem por 80% da capacidade que a companhia possui de gerar eletricidade a partir da cana de açúcar moída.

Considerada estratégica para uma matriz energética limpa e renovável, a bioeletricidade contribuiu para as metas brasileiras de redução de emissões e complementa a matriz hidrelétrica, mantendo a regularidade do fornecimento no período seco e crítico do Sistema Interligado Nacional (SIN), que coincide com o pico de safra das usinas.

Para Ricardo Carvalho, Diretor Comercial da Bunge Açúcar & Bioenergia, o Certificado Energia Verde traz “visibilidade ao potencial da bioeletricidade para assegurar o suprimento de energia renovável, evitando emissões de CO2”.

 

 

 

 

 


Fonte: Canal Energia