Clipping

Usinas reiniciam a moagem na região de Ribeirão Preto

Postado em 2 de Março de 2020

A Usina Batatais recomeça a colheita nesta quarta, 4 de março. A cana colhida até 31 de março é contabilizada para a safra 2019/20

A maior quantidade de chuvas nos meses de janeiro e fevereiro no interior paulista contribuiu para o crescimento da cana, o que leva à muitas unidades sucroenergéticas a anteciparem a safra.

E se as condições climáticas não atrapalharem (chove muito na região Nordeste Paulista) a Usina Batatais, localizada em Batatais, SP, irá recomeçar a colheita nesta quarta-feira, 4 de março, mantendo a tradição de ser uma das primeiras unidades sucroenergéticas a dar a largada na moagem de cana.

A cana colhida até 31 de março será contabilizada na safra 2019/20. A Usina Batatais estimou, no começo da safra, que iniciou em 1 de abril de 2019, que para este ciclo a produção fecharia em torno de 4,15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Os números finais da safra e a expectativa de moagem para a safra 2020/21 serão divulgados durante coletiva de imprensa que a empresa realizará nesta quarta-feira em suas instalações em Batatais, que contará com diretores e com Bernardo Biagi, presidente da Usina Batatais.

A usina tem a matéria-prima cultivada em uma área total de 60.272,38 hectares, sendo 75,47% (45.485,12 ha) de parceiros; 22,25% (13.408,34 ha) de fornecedores e 2,29% (1.378,92 ha) própria/acionistas. E conta com 104 fornecedores, que correspondem por 29,50% (1.253.803,4) do volume processado na usina.

Outras unidades sucroenergéticas estão previstas para recomeçarem a colheita já neste mês de março, porém, a maioria deve iniciar a moagem a partir de abril, dentro do ciclo 2020/21.

 


Fonte: CanaOnline